Diretores avaliam positivamente primeiro dia de aula nas escolas de Santa Cruz e Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 17/09/2020 07:00
Atualizado 17/09/2020 07:09

Política   EDUCAÇÃO INFANTIL

Seguindo todos os protocolos de segurança e higienização, três escolas particulares de educação infantil de Santa Cruz do Sul e Vera Cruz retornaram as atividades nesta quarta-feira (16). Mesmo com turnos e número reduzido de alunos, os diretores da Casa da Criança, Colégio Mauá e Instituto Sinodal Imigrante avaliaram positivamente o primeiro dia de aula nos educandários, que contou com medição de temperatura das crianças, uso de máscara e álcool em gel, além das regras de distanciamento, com demarcações nos pisos, classes e salas arejadas.

Na Casa da Criança em Santa Cruz, 20 dos 150 alunos retornaram à instituição de ensino. De acordo com a coordenadora pedagógica Carla Doebber, as atividades foram realizadas no turno da manhã, até o horário das 12h30min, sendo que os pais poderiam buscar com filhos até às 14h. "Estamos começando com muita cautela e até agora, foi tudo tranquilo. As famílias estão cooperando e as crianças estão usando máscara", afirma Carla.

O sentimento de alegria pelo retorno também foi percebido no Colégio Mauá. Conforme o diretor da escola, Nestor Raschen, a adesão da famílias em relação aos protocolos foi muito boa e todas as regras estão sendo respeitadas. "Foi um dia emocionante! Alegria das crianças e professores pelo reencontro. Como Diretor, estou feliz pelo retorno das aulas presenciais. A escola é um direito das crianças e se elas estão felizes também nós estamos", considerou. Ainda, segundo Raschen, apenas o nível 5 da educação infantil retornou ao modo presencial hoje, o que corresponde ao total de 70%. Amanhã (17), será a vez do nível 4.

Vera Cruz

Já na capital das Gincanas, apenas o Instituto Sinodal Imigrante, o Imi, retornou as atividades na tarde de hoje. As medidas de segurança como prevenção ao coronavírus foram aplicadas já na chegada à escola. As turmas foram recepcionadas em horários distintos para manter o distanciamento social, além de ser aferida a temperatura dos pequenos. Os estudantes, ainda, tiveram de passar álcool em gel nas mãos e trocar o calçado antes de entrar na sala de aula. 

A animação foi geral entre as crianças, entre elas, Rafaela Schuh Gregis, que comemorou o retorno. “Estava com saudades das profes e dos coleguinhas”, disse. A mãe, Carolini Schuh Gregis, confirma a expectativa da pequena em voltar à escola e frisa a importância das medidas preventivas. “Muito bacana em ver esse cuidado na entrada e saída das crianças, faz com que fiquemos mais tranquilos em trazer nossos filhos”, explica.

Conforme a diretora, Tania Eichwald, os pais estão sendo constantemente orientados quanto aos horários, bem como sobre os cuidados necessários. “Pedimos aos pais que colocassem na mochila um calçado extra, sacolas para depositar os calçados e a máscara, além do lanche, já que não haverá mais merenda coletiva, cada um vai lanchar o que trouxe de casa”, explica Tania. A diretora reforça que os alunos que permaneceram em casa estão sendo assistidos com atividades de forma remota.