Feed de Negócios

De passos despretensiosos ao recorde estadual


Por: Portal Arauto
Publicado 11/09/2020 18:56
Atualizado 11/09/2020 18:56

Feed de Negócios   FEED DE NEGÓCIOS

Quem a vê correndo por Santa Cruz do Sul ou pelas rodovias da região, não imagina que tudo começou por uma necessidade, sem outras grandes pretensões. Motivada a perder peso, Rejane Schilling Overbeck iniciou as práticas esportivas com a aula de spinning na academia, mas em 2017 resolveu testar algo diferente: nas pista do municipal, sozinha, começou a correr.

O vento no rosto e a sensação de liberdade fizeram a santa-cruzense se apaixonar pelo esporte. Foi esse amor, inclusive, que a conduziu para os próximos passos. "O que me motivou a continuar correndo foram as provas de corrida, que eram a mola propulsora para melhorar o meu tempo. Em maio de 2018, eu e meus filhos decidimos entrar para o grupo de corridas da InfitRun, a fim de ter uma instrução técnica e auxílio para percorrer a primeira Meia Maratona, que completamos em julho de 2018", conta.

Depois disso, seu destino estava traçado e a corrida de rua já fazia parte de si. "A vontade de correr só aumentou, pois foi possível aperfeiçoar a técnica e melhorar o tempo nas provas. Me tornei recordista estadual na categoria de 50-59 anos nos 5km, sendo prata no Troféu Brasil Master. Atrelado a isso, a vontade de percorrer maiores distâncias se tornou outro desafio a ser superado. Desse modo, travei como meta completar a primeira maratona no ano de 2019, o que foi realizado com a conclusão da 36ª Maratona Internacional de Porto Alegre em junho de 2019", relembra.

Foi nesta maratona que Rejane conseguiu o que jamais irá esquecer: o índice de classificação para correr a Maratona de Boston em 2020. Incentivada pela filha Marluci Overbeck, as grandes distâncias passaram a ser seus maiores objetivos. Afinal, após cada linha de chegada, ela sabe que contará com o abraço, o apoio e o orgulho da família. 

Durante a trajetória, o olhar atento do profissional

Junto ao grupo de corrida InfitRun, dona Rejane - como é carinhosamente chamada - percebeu o seu potencial e descobriu que idade é apenas um número. Ao lado de pessoas mais jovens, percorre longas distâncias para que, ao fim do trajeto, todos superem juntos cada novo desafio. "Os benefícios são saúde física e mental, mas também grandes amizades. Só tenho que agradecer ao grupo", comenta.

Na 124ª Maratona de Boston, realizada em Santa Cruz do Sul após o cancelamento da presencial por conta da pandemia, Rejane viveu experiências que jamais irá esquecer. "As palavras de incentivo do treinador Fabiano Peçanha ajudaram nos momentos críticos da prova - quando a dor toma conta do corpo. O treinamento repassado foi fundamental para o sucesso da maratona. Aos amigos do grupo, eterna gratidão, pois além de correrem parte do trajeto comigo, motivaram com palavras de incentivo. Se a corrida fosse presencial, não teria tantas pessoas queridas me aguardando na linha de chegada. O evento virtual se tornou uma experiência incrível!", salienta. 

"Quando alguém me confia um objetivo, o objetivo passa a ser meu também"

Esse é o lema de Fabiano Peçanha, medalhista olímpico e criador do InfitRun. Por isso, quando um aluno alcança um objetivo, o sentimento é de orgulho e emoção para o maratonista. "No caso do feito da Rejane, este orgulho e emoção são redobrados. Passei por muitas emoções na vida, mas elas sempre se renovam através dos novos desafios de cada aluno", fala. 

No grupo, são diversas as experiências confiadas ao profissional, que busca dar a melhor orientação. "A busca pela corrida orientada deve acontecer sempre, devido aos enormes impactos que tem na saúde e na qualidade de vida. E eu percebi, ao longo do tempo, que o que eu gosto de fazer é promover a saúde das pessoas e fazer com que se sintam mais felizes", diz.


Foto: Divulgação
Rejane, emocionada, ao concluir a maratona
Rejane, emocionada, ao concluir a maratona

Foto: Divulgação
Dificuldades do trajeto foram superadas pela força de vontade de superar limites
Dificuldades do trajeto foram superadas pela força de vontade de superar limites

Foto: Divulgação
Ao lado de Fabiano Peçanha e a filha Marluci
Ao lado de Fabiano Peçanha e a filha Marluci