Escritor de Santa Cruz do Sul lança livro inspirado no pai


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 12/09/2020 14:30

Geral   LANÇAMENTO

12 livros publicados. Mais de 1.300 páginas entre poemas, crônicas e narrativas de viagem. Essa é a coleção literária do escritor, jornalista e professor universitário Demétrio de Azeredo Soster, de Santa Cruz do Sul. Aos 53 anos, o poeta, como ele mesmo caracteriza sendo a posição mais sobressalente em sua vida, conta que suas obras possuem um grau intimista muito forte. Para ele, as escritas são marcadas pelas vivências e experiências pessoais, descobertas ao longo de sua trajetória, a começar pela infância. “Meus livros trazem a pessoalidade, pois eu sou a minha poesia e ela é a minha vida. Portanto, é definida por esses traços de intimidade”, revela.

Essas particularidades podem ser decifradas também em seu mais recente livro, “O sonho da sombra”, que detém da figura paterna sua principal inspiração. Apesar de intrínseco, Demétrio diz que o escrito traz em sua essência a universalidade, o que estimula a reflexão do leitor. Ela resgata um processo de autorreflexão, o qual Soster compreendeu a relação que mantinha com o seu pai, Oswaldo Luis Soster, quando era jovem. “Da conexão conflituosa que tínhamos, extraí algo além da negação, e pude notar, que assim como qualquer outra pessoa, ele tinha seus defeitos, mas também levava consigo virtudes”, explica.
Demétrio perdeu o pai quando tinha 20 anos. Seu Oswaldo faleceu em um acidente de carro em Gravataí. Além das memórias afetivas de quando era guri, ficaram também páginas em branco que precisaram ser preenchidas pelo filho anos após a fatalidade, como um acerto de contas, compondo dessa forma “O sonho da sombra”. “Com a obra, eu digo para ele o que eu poderia ter dito lá atrás, mas não o fiz por imaturidade”, reflete.

Apesar do lançamento ainda não ter sido oficializado, o escritor já está colhendo frutos com o exemplar. O livro conquistou o primeiro lugar na categoria poesia no 15º Concurso Literário Mário Quintana, com o poema “Morte Anunciada” (confira no quadro). Com mais um troféu, dentre os mais de 15 – ganhos em concursos literários –, o escritor considera as premiações como uma percepção de que está trilhando o caminho certo. “Já ganhei tantos prêmios, de diferentes portes. Mas esse realmente foi muito significativo, pois sou um poeta do interior do Estado e conquistei ele com êxito”, destaca.

ESTREIA VIRTUAL
O lançamento oficial do livro está previsto para o segundo semestre deste ano, em data a ser marcada, e deve acontecer por vídeo com transmissão ao vivo. Soster adianta que a live terá a participação de convidados de diferentes cidades para proferirem os versos. Uma forma de integrar os amantes de poesias na estreia virtual.

Na manga, o jornalista tem outros quatro títulos em andamento que devem ser lançados a partir do próximo ano. “Desde a publicação do meu primeiro livro ‘Tempo Horizontal’, percebi que sou um escritor e escritor vive de escrever livros e de trabalhar com palavras”, reconhece Soster. Segundo ele, nos últimos três anos, tem conseguido manter a cota de pelo menos dois lançamentos anuais, o que significa estar constantemente agarrado à literatura. “A poesia não é simples, ela me obriga a ser um poeta. É uma arte muito intensa. Por isso, me dedico à poesia como me dedico à minha vida”, completa.


Foto Caroline Moreira/Jornal Arauto
O escritor exibe com orgulho seu livro que reúne 52 poemas
O escritor exibe com orgulho seu livro que reúne 52 poemas