Polícia de Vera Cruz deve concluir dois inquéritos neste mês


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 04/09/2020 19:52
Atualizado 04/09/2020 19:52

Geral   INVESTIGAÇÃO

Uma morte por tiros e um acidente de trânsito. Esses são os dois principais inquéritos que estão sendo formatados pela Polícia Civil de Vera Cruz neste momento e que devem ser remetidos ao Poder Judiciário ainda no mês de setembro. O homicídio apurado é do empresário Gilson Celmar Timm, que teve o corpo inclusive exumado a pedido da investigação, mas que o resultado desejado - a retirada dos projéteis que teriam ficado no cadáver - não foi concretizado. Já a fatalidade do trânsito é da colisão envolvendo um carro e uma moto que vitimou Pedro Mans, no início de agosto. A Polícia chegou a pedir a reconstituição dos fatos, mas que não foi possível. “Ambos os procedimentos tiveram entraves, não conseguindo o desejado. Então, teremos que finalizá-los com as provas que temos e que ainda iremos construir”, destaca o delegado Paulo César Schirrmann. 

Em relação ao homicídio, falta localizar e ouvir o homem que era o antigo proprietário da arma supostamente usada no crime. O revólver, agora, pertencia ao empresário morto, que teria perdido ele durante a desavença com dois homens na noite do acontecido. Os homens que foram até a fábrica de barcos eram um familiar de Timm e um amigo deste familiar. Os disparos fatais teriam sido efetuados pelo amigo deste familiar.

Já sobre o acidente, Schirmann disse que uma série de depoimentos foram colhidos, entre familiares da vítima, amigos, testemunhas, equipe de socorro e policiais. Pedro tinha 20 anos e era o condutor da moto. A colisão frontal em um Fiat Punto ocorreu na estrada geral de Vila Progresso. O condutor do carro não se feriu.


Foto Divulgação
Gilson foi morto a tiros e Pedro perdeu a vida no trânsito
Gilson foi morto a tiros e Pedro perdeu a vida no trânsito