Frente Parlamentar em Defesa dos Produtores de Tabaco será criada nesta quinta


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 03/09/2020 16:44
Atualizado 03/09/2020 16:47

Geral Política   ASSEMBLEIA ESTADUAL

A Frente Parlamentar em Defesa dos Produtores e Produtoras da Cadeia Produtiva do Tabaco será lançada de forma virtual, na quinta (3), na Assembleia Legislativa Gaúcha. O objetivo da Frente, que é coordenada pelo deputado estadual Zé Nunes (PT) e tem apoio de outros 22 parlamentares, é promover um amplo debate a respeito do setor produtivo, construir propostas de políticas públicas de fomento, assistência técnica e garantia de comercialização entre os produtores e os outros elos dessa cadeia produtiva gaúcha. 

De acordo com o deputado Zé nunes, a iniciativa também pretende valorizar as experiências existentes, além estimular novos projetos e contribuir na construção de um ambiente socialmente sustentável e na consolidação de uma cadeia produtiva forte no Estado do Rio Grande do Sul. “O cultivo do tabaco, como base da economia, está presente em aproximadamente 220 municípios, sendo cultivado em 130 mil hectares, por 75 mil famílias e gera (circula) aproximadamente R$ 1,2 bilhão de recursos no RS”, informou.

A criação da Frente, lembra Zé Nunes, foi um dos encaminhamentos da audiência pública realizada final do mês junho, quando os produtores, frustrados com o baixo índice de reajuste e com o método de classificação do tabaco adotado pelas empresas, alegaram não ter como arcar com compromissos com instituições financeiras e nem efetivar a próxima safra, e manifestaram que queriam ser ouvidos na classificação do produto e no levantamento de custos.

No Estado, a participação do tabaco representou 10% no total das exportações, e é composta por empresas que estão entre as mais sofisticadas do gênero no mundo, utilizando modernos conceitos de produção e equipamentos de industrialização de última geração. Os municípios gaúchos Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires concentram o maior número de empresas, constituindo o maior complexo de processamento de tabaco do mundo. Um número reduzido de grandes empresas domina o mercado.
 


Foto: Divulgação
Na safra encerrada recentemente, o cenário foi de frustração dos agricultores
Na safra encerrada recentemente, o cenário foi de frustração dos agricultores