Saiba como os partidos se articulam para as convenções em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 03/09/2020 07:00
Atualizado 03/09/2020 12:52

Política   ELEIÇÕES 2020

Pouco mais de dois meses para as eleições municipais, os partidos começam a intensificar os trabalhos quanto à definição dos nomes que irão à disputa da prefeitura e da Câmara de Vereadores. Até o dia 16 de setembro, as siglas terão que realizar as convenções partidárias e, a partir disso, poderão avançar nas campanhas eleitorais.

Em Santa Cruz do Sul, no mesmo dia em que abriu o período de reuniões, o Partido Novo confirmou o nome do médico Carlos Eurico Pereira como candidato a prefeito e do advogado Paulo Roberto Bigolin como vice. Já na nominata de vereadores, a sigla conta com o nove candidatos. Por orientação da Executiva Nacional, o Novo terá chapa pura e não fará coligações para a majoritária.

Outros partidos já definiram as datas para realização das conveções. Confira o calendário e como as siglas se articulam para o pleito eleitoral:

MDB - A convenção do Movimento Democrático Brasileiro deve ocorrer no dia 12 de setembro. Com uma nominata completa de 26 vereadores, o MDB terá como candidato a prefeito o atual vereador e presidente municipal da sigla Alex Knak e como vice, o nome mais cotado é o de Fabiano Dupont (PSB), em uma coligação que deve reunir ainda o PDT e o PSL.

PSB - O Partido Social Brasileiro deve realizar sua convenção no dia 12 de setembro. O presidente da sigla, Fabiano Dupont, também confirmou a possibilidade da coligação com o MDB na majoritária. No entanto, não descartou também a candidatura própria. "Devemos definir isso até o final de semana", disse. Para a Câmara de Vereadores, o PSB terá 23 nomes à disposição da comunidade.

PDT - Também no dia 12 de setembro, o Partido Democrático Trabalhista realizará seu encontro para definir o futuro nas eleições. Conforme o vereador e presidente da sigla, Bruno César Faller, a tendência é que o PDT apoie a possível chapa composta por Alex e Fabiano. Quanto aos candidatos para o Legislativo, o partido conta com 26 nomes.

PT/PCdoB - Com uma coligação já anunciada, o Partido dos Trabalhadores e o Partido Comunista do Brasil farão a sua convenção no dia 13 de setembro, a partir das 14h, no Sindicato dos Bancários. Segundo o presidente e candidato a prefeito, Frederico de Barros, o número de vereadores ainda está em aberto, mas a chapa Frederico/Manu Mantovani está mantida. Ainda, de acordo com ele, o PT busca fechar o apoio também da Rede Sustentabilidade.

PL - A convenção do Partido Liberal deve ocorrer entre os dias 15 e 16 de setembro. Com uma nominata de 14 à 17 vereadores, a sigla confirmou a coligação para a majoritária com o PP, em uma chapa que tem como candidata a prefeita a atual vice, Helena Hermany e o vereador Elstor Desbessel, como vice.

PP - Com a confirmação dos nomes de Helena Hermany e Elstor Desbessel para a disputa do Palacinho, o Progressistas também terá nominata completa de vereadores, com 26 nomes à disposição da comunidade. De acordo com o presidente da sigla, Henrique Hermany, a convenção do PP ocorrerá no dia 16 de setembro. Ainda, segundo ele, há conversas com outros partidos para apoiar a chapa.

PSD - Atual base governista, o Partido Social Democrático terá sua convenção no dia 16 de setembro. De acordo com o presidente Régis de Oliveira Júnior, o PSD ainda não definiu os nomes que vão compor a chapa majoritária. No entanto, após Léo Schwingel, um dos nomes apontados para a prefeitura, comunicar que irá concorrer ao Legislativo, a tendência é que o próprio Régis e/ou o empresário Ido Dupont, encabecem a chapa. Quanto aos vereadores, a sigla terá a disposição da comunidade 20 nomes.

Apesar da possibilidade de ter chapa pura na majoritária, o PSD tem o apoio de partidos como o Republicanos, que deve vir à disputa com 22 candidatos a vereador e também do Cidadania, Podemos e Democratas.

PSDB - O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) também fará a convenção no prazo limite, dia 16 de setembro. Para a disputa do Legislativo, o PSBS terá nominata completa, segundo o presidente César Cechinato. No entanto, conforme ele, há uma indefinição quanto à majoritária. "Hoje se fala em chapa pura, tendo como cabeça eu ou o Carlão. Mas mantemos conversas avançadas com outros partidos", afirmou. 

PTB - Outro partido que virá com nominata completa de vereadores, é o Partido Trabalhista Brasileiro, que irá confirmar os 26 nomes durante a convenção no dia 16 de setembro. Conforme o presidente do PTB, Marco Borba, Mathias Bertram é o nome que irá à disputa do Palacinho. Ainda, segundo Borba, o partido está em conversas com o PSDB para uma possível coligação.

SD - Em convenção a ser realizada no dia 16 de setembro, os nomes de Irton Marx, presidente do Solidariedade e Walter Couto, devem ser confirmados para a prefeitura de Santa Cruz. De acordo com o Marx, o partido ainda se estrutura quanto ao número de vereadores, mas a principal frente é a chapa pura a majoritária. 

PSL - O Partido Social Liberal definiu uma nova executiva municipal nesta semana. Em contato com a reportagem do Portal Arauto, o presidente da sigla Ricardo Friedrich disse que a convenção deve acontecer no dia 12 e a tendência é de que o partido confirme apoio ao MDB. Em torno de 15 pessoas devem concorrer ao legislativo.


Foto: Divulgação/EBC
Saiba como os partidos se articulam para as convenções em Santa Cruz