Programa Casa Verde e Amarela anima setor e promete aquecer construção civil na região


Por: Portal Arauto
Publicado 28/08/2020 07:00
Atualizado 28/08/2020 07:10

Geral   PROGRAMA HABITACIONAL

O novo programa habitacional do Governo Federal, em substituição ao Minha Casa Minha Vida, cria boas expectativas para o setor da construção. Com juros mais baixos, possibilidade de subsídios para reformas e regularização de terras, o Casa Verde e Amarela deve passar a movimentar a economia já em 2020. A estimativa é do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon-RS).

Conforme o vice-presidente do sindicato e coordenador do escritório regional em Santa Cruz do Sul, Astor José Grüner, a expectativa é de boa retomada dos investimentos e financiamentos, principalmente por parte da população de baixa renda. O programa, que foi redividido em três grupos com rendimentos até R$ 7 mil mensais, contará com novos aportes financeiros do governo e redução de juros, principalmente para moradores do norte e nordeste. "Embora a redução de juros para o sul seja menor, já é alguma coisa. Vejo com bons olhos essas mudanças, que devem ajudar o programa a crescer de novo" diz.

Segundo Grüner, a categoria sentia o enfraquecimento do programa desde 2016, inclusive com a paralisação de obras. "Na assinatura do programa, o Governo Federal anunciou a retomada de construções no nordeste. Além disso, a possibilidade de financiar reformas - para grupos que recebem até R$ 4 mil - movimentará novos públicos, como pessoas que já possuem terrenos, mas têm casas em condições precárias. Outro ponto será a regularização de terrenos, desde que não sejam espaços de preservação ambiental ou passíveis de deslizamentos", explica. 

Geração de empregos

Com a retomada de obras e novos financiamentos, o bônus também aparece na oferta de trabalho. "A construção civil é o motor da economia e gera empregos muito rápidos, para diferentes classes. Desde o pedreiro até o arquiteto. O setor movimenta a cadeia como um todo e gera riquezas", destaca.


Foto: Arquivo/Jornal Arauto
Programa Casa Verde e Amarela anima setor e promete aquecer construção civil na região