ACI se manifesta contrária à bandeira vermelha em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 13/07/2020 13:26
Atualizado 13/07/2020 13:29

Geral   POSICIONAMENTO

Em manifestação encaminhada na manhã desta segunda-feira (13) às autoridades do município e do Estado, a Associação Comercial e Industrial (ACI) de Santa Cruz do Sul oficializou sua posição contrária à decretação da bandeira vermelha no município. 

A ação vem reforçar o recurso encaminhado no final de semana pela Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) e Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) ao Governo do Estado, diante da possibilidade de mudança da bandeira da região de laranja para vermelha, o que impõe sérias restrições às atividades produtivas, agravando ainda mais os danos gerados à economia pela pandemia da Covid-19. 

Na carta, a entidade destaca as mais de 200 empresas fechadas somente no município desde o início da pandemia, em março. Lembra que as organizações estão cumprindo todos os rigorosos protocolos de higiene impostos pelo Estado e Município e que por isso a taxa de mortalidade  regional é de 3,4 a cada 100 mil habitantes, uma das menores do RS, “sendo que  em Santa Cruz houve apenas 2 óbitos”. Destaca também que no dia 11 de julho foram habilitados 10 novos leitos de Covid-19 junto ao Hospital Santa Cruz.

Neste sentido, a ACI conclama as demais entidades empresariais a também de manifestarem contra a bandeira vermelha, e que o Município e a Amvarp continuem seus esforços para evitar essa mudança. Solicita ainda ao governo do Estado que revise seus cálculos e indicadores para não penalizar a região com restrições ainda mais severas.