Feed de Negócios

“Com muita persistência e fé, a gente consegue tudo”, diz fundador do Beto Peças


Publicado 27/06/2020 19:00
Feed de Negócios   FEED DE NEGÓCIOS Fonte: Portal Arauto

Conversar com o empresário Ariberto Roni Hannemann é, sem dúvida, uma rica oportunidade para absorver conhecimento e ouvir saudáveis narrativas. Humilde, observador e muito cauteloso nas palavras, é daqueles amigos pelo qual nutrimos elevada estima e admiração. Beto, como é mais conhecido, é protagonista de uma bem-sucedida história pessoal e empresarial, fruto do trabalho iniciado há quatro décadas através da sua empresa que se tornaria uma das mais tradicionais da cidade: o Beto Peças.

Inaugurada oficialmente em 20 de maio de 1980, o estabelecimento ganhou notoriedade em Santa Cruz do Sul e região a partir da luta e determinação do seu fundador. “Começamos em uma pequena loja de 18m² na Júlio de Castilhos. Desde o princípio, procuramos adotar uma mentalidade positiva, trabalhar sério, trabalhar muito. Confiantes, muito confiantes, mas também muito atento às oportunidades da época. Com muita persistência e fé a gente consegue tudo”, diz Hannemann.

O crescimento da empresa, segundo o empresário, foi uma consequência: “A nossa forma de trabalhar agradou, fomos ampliando o leque de produtos e para nossa alegria a clientela foi crescendo”. Com isso, recorda Beto, foi necessário ampliar a loja, o estoque e o pessoal. “Meses depois mudamos para outros dois prédios alugados na rua Ernesto Alves. Na Paul Harris, nosso atual endereço, realizamos o sonho do prédio próprio. Hoje temos 1.200 m² de loja, em três andares, 26 mil itens, mil fornecedores e 22 funcionários”,  relata, emocionado.

Valores cultivados

Simplicidade no atendimento, preço justo, clima familiar e valorização das pessoas. Valores cultivados à risca pelo empresário e sua esposa Santa Mânica Hannemann. “Entram cerca de 500 pessoas por dia na loja. Valorizamos cada um. Queremos sempre poder honrar esse prestigio. Nestes 40 anos fizemos história e também amigos. Desejamos continuar crescendo e isso só é possível ao lado de muitas pessoas especiais”, ressalta.

A filha do casal, Andréa Ligiane Hannemann, que integra a gestão da empresa, enaltece o legado do pai e reforça a importância do trabalho da equipe: “A soma de todas as nossas ações estratégicas, aliada à determinação, esforço e muito trabalho, ensinamentos passados pelo pai, constroem o sucesso da nossa empresa. Méritos aos nossos funcionários, que são grandes parceiros. Eles é que fazem essa história conhecida e reconhecida por todos os santa-cruzenses”.








Corona - Aqui não passa!