# TAREFAS Gincana 2020

Acompanhe com o Grupo Arauto as notícias da Gincana Arauto 2020


NOTÍCIAS

TAREFAS

Na Gincana em casa, casal dividiu um único QG para duas equipes


Publicado 09/06/2020 08:15
Atualizado 09/06/2020 08:31
  DESAFIO VIRTUAL Fonte: Grupo Arauto

Um QG no quarto e outro na sala. Foi assim que Lissandra de Andrade e Luís Eduardo Goelzer se dividiram durante o fim de semana da Gincana Arauto. Os dois moram juntos em Vera Cruz, no entanto, são de equipes diferentes: ela defende a Xiruz, há mais de 15 anos, enquanto ele veste a camiseta da Largados desde 2013. E como resolver as tarefas, falar com a equipe pelo telefone ou fazer uma execução de um desafio sem que o companheiro de moradia não percebesse ou ficasse de olho? Um desafio e tanto. 

Para Liss e Dudu, como são conhecidos, a dinâmica foi tranquila e até engraçada em alguns momentos. Segundo ela, entre os aspectos diferentes é que em gincanas anteriores eles quase não se esbarravam em casa, já nesta, que foi inteiramente virtual, permaneceram o tempo todo na moradia e acabaram se vendo muito mais. “Em anos anteriores, quando o Dudu vinha pra casa no sábado à tardinha, eu já estava saindo pra artística e quando eu voltava da apresentação, ele já estava no QG para ajudar no enigma. Então, neste ano a gente até se viu mais, mas claro, fiquei quase o tempo todo no meu QG, no quarto, e ele na sala”, brinca. 

Entre as “estratégias” usadas por Dudu para que suas conversas com os companheiros de equipe não fossem ouvidas por Liss era usar o fone de ouvido o tempo todo e só falar por mensagem. “Procurava mandar tudo escrito e usar o fone sempre que alguém ligava ou algo desse tipo”, conta ele. “É, várias vezes eu escutei ele avisando para os outros “olha teu Whats”, porque ele tinha mandado uma mensagem escrita ao invés de um áudio”, revela Liss. 

PARTICIPAÇÃO CONJUNTA
Algumas das tarefas da Gincana exigiam a execução por pessoas da mesma casa, mas na situação do casal, esses desafios se tornaram impossíveis. “Não tinha como fazermos juntos, porque eramos só nós dois em casa. Só se valesse ponto para as duas equipes”, brinca ele. No entanto, a última tarefa possibilitou que os dois participassem juntos. Ela consistia em aplaudir os profissionais da saúde em videochamada, através do aplicativo Zoom. “Foi bem emocionante, porque na hora quando disseram que podíamos chamar mais pessoas pra aplaudir com a gente, eu não pensei duas vezes, chamei ele. Essa foi a única tarefa que fizemos juntos e foi bem legal”, diz Lissandra. 

UMA CASA, DOIS CAMPEÕES
E para “encerrar com chave de ouro”, o fim de semana de gincana na casa de Dudu e Liss, o resultado do desafio virtual consagrou a Xiruz como campeã e a Largados como segunda colocada. Conforme ela, antes do resultado ser divulgado, Dudu estava apreensivo e não acreditava que sua equipe pudesse ir bem. “Mas quando deu a segunda colocada, ele já começou a chorar e de certa forma eu fiquei feliz também”, conta ela, felicidade que se ampliou quando a Xiruz foi anunciada vencedora. Na noite de domingo, os dois saíram, ainda, em carreata com os integrantes das suas equipes e da terceira colocada, Kaimana, e na oportunidade puderam dividir o mesmo carro, já que ambos estavam em comemoração.

Luís Eduardo veste a camiseta da Largados e Lissanda, a da Xiruz
Luís Eduardo veste a camiseta da Largados e Lissanda, a da Xiruz (Foto: Jornal Arauto / Taliana Hickmann)







Corona - Aqui não passa!