Unisc aguarda protocolo do Estado e planeja retomada gradual das aulas práticas


Publicado em 22/05/2020 11:21 Atualizado em 22/05/2020 16:39 COVID-19   EDUCAÇÃO Fonte: Portal Arauto

As aulas presenciais para cursos que necessitam de atividades práticas devem ser retomadas entre o meses de junho e julho na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). A informação foi divulgada pela reitora da instituição, Carmen Lúcia de Lima Helfer, durante assinatura de convênio para adesão a plataforma Imply Saúde, na manhã desta sexta-feira (22). A ferramenta inclusive irá auxiliar a Universidade na retomada.

De acordo com a reitora, a Unisc aguarda as definições que virão via protocolo estadual para planejar a volta gradual das atividades, com mudança no limite de alunos por sala de aula, dentre outras regras a serem seguidas conforme orientações do Governo do Estado. A volta gradual na Unisc só vai ser autorizada com a autorização do Governo Federal e Estadual, através da publicação de decretos "Temos mais de mil alunos que necessitam de horas em aulas práticas e estágios e para esses deveremos retomar gradualmente as aulas no campus, com todas as medidas de segurança", explica.

Os cursos com aulas teóricas devem continuar com atividades on-line. Ainda de acordo com Carmen Helfer, o semestre atual deve ser fechado somente em agosto. Com isso, o segundo semestre do ano letivo deve avançar até o mês de janeiro de 2021.

Aulas on-line e pagamento

Questionado sobre a possibilidade de mudanças na forma de pagamento, o pró-reitor Acadêmico, Rolf Fredi Molz, destacou que a Universidade analisa cada caso e afirmou que o formato de aulas neste momento não é como o de um curso projetado para ser EaD, onde existe possibilidade de ter centenas de alunos em uma sala virtual e professores com pouca carga horária. "O que temos neste momento são aulas de cursos presenciais mediadas por tecnologia, com turmas de, no máximo, 60 estudantes e professor com carga horária integral. Isso na tentativa de darmos resposta às necessidades de cuidado com a saúde de estudantes e professores. Assim, não há comparação do formato atual, que tenta responder a uma pandemia, com um curso na modalidade EaD. No caso de dificuldade de pagamento, em função dos efeitos do isolamento social, a Unisc está aberta à negociação da forma de pagamento. Esse tema já foi consensuado entre a reitoria e representações estudantis (DCE, Conselho de DA's, e Diretórios Acadêmicos)", explica.

PortalArauto
Retomada depende de orientações do Estado (Foto: Arquivo/Portal Arauto)