Mandetta afirma que segue no cargo e elogia discurso de Bolsonaro


Publicado em 25/03/2020 18:30 Atualizado em 25/03/2020 18:37 Geral   PRONUNCIAMENTO Fonte: G1

Oo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta quarta-feira (25) que permanece no cargo e defendeu o posicionamento de Jair Bolsonaro contra o isolamento em massa. "Eu saio daqui na hora que acharem que eu não devo trabalhar, que o presidente achar, porque foi ele que me nomeou. Ou se eu tiver doente, o que é possível, eu ter uma doença, ou no momento que eu achar que esse período todo de turbulência já tenha passado e que eu possa não ser mais útil. Nesse momento de crise agora, eu vou trabalhar ao máximo. Equipe está todinha focada. Nós vamos trabalhar com critério técnico", disse Mandetta.

Mandetta também defendeu a manutenção da atividade econômica no Brasil e afirmou que essa é uma das preocupações do comitê interministerial que atua no enfrentamento da crise. "Tenho certeza que esse comitê vai achar boas soluções para a economia", disse Mandetta. O ministro citou a agropecuária como exemplo de ramo que precisa continuar ativo para evitar consequências em outros setores.

Cloroquina

O Ministério da Saúde também oficializou, nesta quarta-feira (25), a autorização para que médicos usem a cloroquina/hidroxicloroquina para tratar pacientes internados em estado grave com covid-19. Serão mais de 3 milhões de comprimidos distribuídos para cada Estado. No entanto, não há qualquer indicação do medicamento para pessoas que queiram se proteger ou para casos leves da doença.

Mandetta também alertou para os riscos de efeitos colaterais graves provocados pela droga, um imunomodulador receitado para casos de malária e para algumas doenças autoimunes, como o lúpus. 

*Com informações do portal G1

PortalArauto
(Foto: Arquivo / Agência Brasil)











Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br DB New