Quase 6 mil vacinas contra a gripe são aplicadas em Venâncio Aires


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 25/03/2020 15:06
Atualizado 25/03/2020 15:16

Geral   IMUNIZAÇÃO

O segundo lote de vacinas da campanha contra a Gripe terminou em Venâncio Aires. A imunização, que iniciou na segunda com a aplicação de 3,7 mil doses, foi retomada na manhã de hoje (25), com a distribuição de outras 2,1 mil doses da vacina, que nessa primeira etapa, prioriza grupo de risco dos idosos e profissionais da saúde. 

As doses foram distribuídas em seis postos do interior e bairros, além do Posto Central junto a Farmácia Municipal. No Drive Thru, em menos de três horas, mais de 700 vacinas foram aplicadas pelos profissionais de saúde da rede do Município, além de voluntários. A próxima remessa deve ser enviada pelo Governo do Estado ao Município no início da semana que vem.

O Secretário Municipal de Saúde, Ramon Schwengber, destacou a importância da imunização. "É importante que as pessoas tenham a consciência de que esta vacina não protege contra o Coronavírus, mas é uma maneira de resguardar os mais vulneráveis contra doenças respiratórias. E essas pessoas deixam de procurar os prontos socorros dos hospitais, diminuindo a transmissão e aumentando o diagnóstico preciso do Coronavírus”, salienta 

Fases da Campanha

Na Capital do Chimarrão a primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é voltada para mais de nove mil idosos (pessoas acima de 60 anos) e mais de três mil profissionais da saúde.

A partir de 16 de abril, o público-alvo se estende para professores, profissionais das forças de segurança e de salvamento e pacientes com doenças crônicas, como hipertensão, asma, diabetes.

Crianças de seis meses a menores de seis anos completos devem se vacinar contra a gripe no dia 9 de maio, dia D da campanha. Nesta data, a vacinação engloba também toda a população, e grupos como adultos entre 55 e 60 anos incompletos, gestantes, puérperas (aquelas que deram à luz recentemente) e indígenas devem se proteger.

A campanha se estenderá até 23 de maio em todos os postos de saúde do Brasil e toda a população tem de tomar a vacina.


Foto: Camila Sehn/AI PMVA