Saiba como a atividade física pode ser uma aliada na qualidade de vida


Publicado em 07/09/2019 08:28 Atualizado em 07/09/2019 08:40 Vídeos Arauto Saúde   VAMOS PRATICAR? Fonte: Portal Arauto

A prática de atividades físicas é fundamental para melhorar a qualidade de vida. No entanto, deve estar aliada a uma dieta balanceada, combinada a uma rotina de exercícios físicos, o que resulta em um organismo saudável e, ainda, previne doenças. Para falar sobre a importância da educação física e das atividades para manter-se bem além da boa forma, o Arauto Saúde desta semana entrevistou a educadora física Fernanda Borges.

Os educadores físicos contam com grandes aliados, os médicos. “Geralmente os pacientes chegam até nós quando o médico indica que tem que fazer uma atividade física e aí esse paciente nos apresenta as suas necessidades”, conta. Fernanda reforça a importância da atividade física desde cedo para que as pessoas possam chegar à vida adulta e à maturidade ativa saudáveis e com melhor qualidade de vida. “Uma criança que gosta de fazer uma atividade física, na educação física da escola, por exemplo, vai ser um adulto que vai gostar também de atividade física e incluirá isso na sua rotina”, acredita.

No entanto, não basta praticar exercícios para garantir uma vida saudável. É preciso ter cuidado na alimentação. “A questão alimentar também é importante. Temos no SESC bastante crianças que estão acima do peso e que estão fazendo atividades conosco”, comenta. “Essa caminhada de criança a adolescente, até adulto precisa ser acompanhada, tanto na alimentação quanto na atividade física”, frisa.

Mas para iniciar uma atividade física é preciso alguns cuidados? Se a pessoa não tem nenhuma restrição, como dores na coluna ou nos joelhos, que são verificadas na avaliação física, não há nenhum cuidado específico. “Vamos iniciar com o mais básico nos exercícios, como uma esteira, uma bicicleta e depois vamos inserir a musculação. Na musculação vamos inserir cargas mais leves inicialmente, até a pessoa se adaptar”, completa. A educadora física também reforça que hoje não há um tempo para a prática de exercícios. “A Organização Mundial da Saúde (OMS) fala em 30 minutos para ir na academia e fazer o treino”, explica. “No entanto, se a pessoa tem 10 minutos é o tempo que vamos organizar o treino. Ele será adequado”, sublinha.  

A Organização também diz que o recomendado é que se tenha 150 minutos na semana para fazer atividade física. Ou seja, ter de 20 a 30 minutos diários. “Mas se você tem 10 minutos, fará 70 minutos intensos e ajudará”, avalia. O exercício físico está além da qualidade de vida. Ele auxilia a amenizar dores, como das articulações, pois fortalece e alonga.

Confira:

PortalArauto
(Foto: Divulgação)










Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br CH New