Novo sistema de registro de ocorrência promete agilizar trabalho da Polícia Civil


Publicado em 11/07/2019 13:58 Atualizado em 11/07/2019 15:45 Geral   SANTA CRUZ Fonte: Portal Arauto

Mais agilidade, organização e integração. O novo sistema de registro de ocorrências da Polícia Civil, implantado na semana passada em Santa Cruz, chega para beneficiar o trabalho da equipe. Conforme a delegada Raquel Schneider, da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), o novo sistema, chamado de SPJ, vem para substituir o antigo OCR. "A principal diferença é que podemos acessar novamente os depoimentos, caso necessário. Antes, só podíamos retomar por meio da folha impressa", diz.

Além da agilidade na procura de dados, a tendência é que se use cada vez menos papel. Outro ponto positivo são as ferramentas disponíveis, mais parecidas com word, que possibilitam que a escrita dos plantonistas fique mais correta. O antigo sistema, por exemplo, não permitia acentos. Há ainda a ordenação automática das ocorrências. Antes, para haver uma sequência, era preciso anotar em um caderno o número da situação registrada. "A diferença será sentida de forma interna, mas é uma novidade que vem melhorar nosso trabalho. Agora, as informações irão direto para o sistema de georreferenciamento, que nos permite verificar os pontos de maior incidência", destaca.

O período agora é, segundo a delegada Raquel, de adaptação. "Teve curso, o sistema é autoexplicativo, mas é diferente. Precisamos nos acostumar", comenta. E é de adaptações, diante das tecnologias, que a Polícia Civil faz sua história. Teve a época da escrita a mão, em livros guardados até hoje, e ainda os desafios das máquinas de escrever que não permitiam correções. Mais tarde, em 1992, surgiu o OCR, implantado em 2000 em Santa Cruz. 

Atualmente, por conta da reforma na sede da Polícia Civil na Rua Ernesto Alves, há três computadores disponíveis para o registro de ocorrências. Quando a DPPA voltar ao primeiro andar - a expectativa é que em setembro a equipe já consiga utilizar todos os espaços - cinco computadores estarão disponíveis aos plantonistas. Apenas neste ano, a delegacia já registrou mais de 11,2 mil ocorrências, uma média de 60 por dia. "O número aumenta a todo ano, mas estamos conscientizando a comunidade de que nem tudo é motivo para registro. Encaminhamos a outros órgãos e também incentivamos a usar o sistema online para pequenos casos por infrações de menor potencial ofensivo, sem violência ou que não envolvam a prática de crime", diz. 

PortalArauto
Polícia Civil de Santa Cruz já trabalha com novo sistema (Foto: Luiza Adorna/Portal Arauto )
PortalArauto
Delegada Raquel Schneider (Foto: Arquivo/Portal Arauto)










Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br DB