Manifestantes se reúnem em vigília em Santa Cruz contra Reforma da Previdência


Publicado em 11/07/2019 10:16 Atualizado em 11/07/2019 10:41 Geral   NA PRAÇA GETÚLIO VARGAS Fonte: Portal Arauto

A aprovação do texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC) de Reforma da Previdência mobilizou manifestantes em Santa Cruz nesta quinta-feira (11), um dia após a votação. Os 379 votos favoráveis, que surpreenderam até mesmo o governo, também levaram sindicatos e estudantes à Praça Getúlio Vargas para uma vigília que critica o resultado.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Comerciários de Santa Cruz do Sul, Afonso Schwengber, a aprovação em primeiro turno da Reforma da Previdência é uma desgraça. "Quem votou a favor, votou contra o povo trabalhador. O povo precisar ir para a rua, já alertávamos nas eleições. A classe trabalhadora mostra todos os dias que sem ela nada funciona e agora quem estava com expectativa de se aposentar daqui uns três anos, vai precisar trabalhar muito mais", destaca.

Quem também marcou presença, foi Matheus Mello, coordenador da União dos Estudantes Santa Cruzenses (Uesc). Segundo ele, embora já fosse esperada, essa primeira aprovação lhe gerou um grande impacto. "Tenho 40 anos para trabalhar. A Reforça da Previdência vai aprofundar a miséria de quem realmente precisa. É muito decepcionante, mas também nos dá um gás para lutar. Esse é um ato simbólico para dizer que vamos continuar na resistência", diz.

A vigília segue até as 14h. Os manifestantes receberão cachorro-quente como lanche. 

Leia mais: Reforma da Previdência é aprovada em 1º turno na Câmara com 379 votos a favor

PortalArauto
Grupo permanece na praça até as 14h (Foto: Guilherme Bica/Portal Arauto)
PortalArauto
Cartazes são usados como forma de protesto (Foto: Guilherme Bica/Portal Arauto)










Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br DB New