Fiesta abandonado por criminosos no assalto em Monte Alverne foi roubado em Porto Alegre


Por: Portal Arauto
Publicado 01/07/2019 18:39
Atualizado 02/07/2019 06:21

Polícia Cobertura Especial   ASSALTO SICREDI

O veículo que seria usado pelos criminosos após o assalto a banco em Monte Alverne, interior de Santa Cruz, foi roubado e clonado neste domingo (30), no bairro Sarandi, em Porto Alegre. O Ford Fiesta foi deixado em uma estrada e só não foi usado, porque o bando perdeu a chave do veículo. As informações são do delegado titular da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Marcelo Chiara Teixeira, que atuou no cerco ao bando. As investigações agora ficarão a cargo do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Conforme o que se conseguiu apurar até o momento, o Fiesta seria o chamado "segundinho": o carro a ser usado após queimar o Ônix e seguir a fuga em direção a Venâncio Aires. De acordo com o delegado Marcelo Chiara, a investigação está em fase inicial e não é possível afirmar nada a respeito da origem da quadrilha. "O fato do carro ter sido roubado em Porto Alegre não quer dizer muita coisa. Hoje eles negociam entre eles esses veículos roubados na Região Metropolitana e não necesssariamente quem roubou está junto nesse caso do assalto", explica. Já o Ônix dependerá de perícia para confirmação, mas a suspeita é de que também se trata de um veículo clonado.

Ao longo dos próximos dias, diligências serão feitas e mais testemunhas serão ouvidas.

 

Criminosos perderam a chave do Fiesta
Criminosos perderam a chave do Fiesta (Foto: Guilherme Bica/Portal Arauto)