Mês de maio foi quase 5ºC acima da média na região


Publicado em 28/06/2019 14:00 Atualizado em 28/06/2019 14:01 Vídeos Arauto atualidades   TEMPERATURA MÍNIMA Fonte: Portal Arauto

Com o passar dos anos, as temperaturas têm ficado mais altas. Em Santa Cruz e região, por exemplo, as mínimas têm sido 2 ou 3°C mais quentes. Só o mês de maio registrou uma mínima quase 5ºC mais quente que a média do mês comparado com o século passado. "As mínimas consideramos no momento quando o sol se põe. Nunca maio foi tão quente", fala o professor de Agrometeorologia do curso de Engenharia Agrícola da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Marcelino Hoppe, entrevistado do Arauto Atualidades desta semana.

O professor salienta que um dos fatores para estes aumentos é o efeito estufa, processo que consiste no aumento de gases na atmosfera, como o gás carbônico, por exemplo. "No entanto, se não tivéssemos este efeito, a temperatura na terra seria de 18ºC negativos, diferente de hoje que a média é de 15,7ºC", fala do lado benéfico. Contudo, em 100 anos tivemos o aumento de mais de 50% de gás carbônico na atmosfera, com a queima de petróleto e carvão, o que favorece o aquecimento.

Com a subida de um grau, em média, na terra, se prevê que, com o tempo, ocorra aumento nas chuvas, entre 5% a 15%, no Hemisfério Sul, o que inclui a região de Santa Cruz, e no norte da Europa. Já no Equador, principalmente na parte da Amazônia, pode perder as florestas e virar um cerrado - árvores baixas, arbustos espaçados e gramíneas -, ou uma savana - cobertura vegetal, formada predominantemente por vegetação rasteira.

Para a população tentar evitar essa emissão excessiva de gás carbônico, o ideal é diminuir a queima de combustível, como evitar não usar tanto o carro, e fazer reflorestamento, já que as árvores retêm o gás na madeira.

PortalArauto
(Foto: Arquivo Portal Arauto)










Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br CH New