Polícia divulga identidade de suspeito de matar criança por espancamento


Publicado em 06/12/2018 17:44 Atualizado em 06/12/2018 18:22 Polícia   ENCRUZILHADA DO SUL Fonte: Portal Arauto

A Polícia Civil divulgou no final da tarde desta quinta-feira (6) o nome e uma foto do principal suspeito de matar por espancamento o menino Enzo Gabriel Quintana Dilemburg, de apenas 2 anos de idade. Jonatas Gomes de Melo, que tem 32 anos e é natural de Santa Cruz, morava com a mãe do menino há cerca de um ano e fugiu na manhã do crime. Ele é procurado para prestar depoimento. Um mandado de prisão preventiva contra Melo já foi expedido pela justiça.

Conforme a delegada Raquel Schneider, a mãe da criança relatou que ele já havia agredido Enzo pelo menos uma vez. “Ela relatou que esse fato aconteceu há cerca de três meses. Na ocasião ela também teria sido agredida. O agressor então saiu de casa, mas acabou voltando”, disse.

A mulher foi ouvida ontem e nesta quinta-feira (6). Ainda de acordo com a delegada, o depoimento se manteve o mesmo. Testemunhas também estão sendo ouvidas. Quando a polícia desvendar a autoria da morte, o responsável será indiciado por homicídio. 

Causa da morte

De acordo com a necropsia, feita no Departamento Médico Legal (DML), de Cachoeira do Sul, a causa da morte seria politraumatismo. Enzo teria fraturado uma costela, estava com sinais de possível esganadura, além dos hematomas pelo corpo e rosto.

Conselho tutelar já havia ido até a casa da família

De posse de uma denúncia feita há cerca de um mês, o Conselho Tutelar foi até a casa onde Enzo morava com a família fazer uma visita. Na ocasião, nada de anormal foi notado. Em uma segunda visita, ninguém da família foi encontrado na casa. "Pedi ao conselho o laudo dessa primeira visita e eles vão me encaminhar nesta sexta-feira", disse.

PortalArauto
Jonatas Gomes de Melo








Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br CH