Quando o passado não passa


Publicado em 05/04/2019 14:35 Atualizado em 05/04/2019 14:47

Pra gente ser feliz, tem que mergulhar na própria fantasia (...) Só tem a ver, quem já foi criança um dia”. Essa semana, quando vivi a angústia e a empolgação ao lado de minhas amigas para conseguir comprar um ingresso do show de Sandy & Júnior, percebi: quem vive de passado não é museu. É um eterno apaixonado pela vida. Pela vida de hoje, a de amanhã e também a de ontem. Quantas coisas boas vivemos quando éramos crianças e adolescentes que, hoje, na correria do dia a dia, esquecemos de lembrar?

Embora existam coisas que são convenientes ao esquecimento, não podemos esquecer daquelas merecedoras de nossas memórias. Assim como Sandy & Júnior marcaram minha vida e das minhas amigas, pare um segundo e tente lembrar: o que fazia seu coração vibrar em uma época distante o bastante de seu presente? Um lugar, um artista, uma música, um filme, um diário, uma amiga de infância...

Sabe aqueles dias que chegamos cansados após o trabalho, pensando nas dificuldades que a vida impõe, lamentando algum episódio ou com as dores musculares que os anos resolveram nos dar? Pois é. Não sei vocês, mas hoje percebi que mesmo quando eu não tiver motivos recentes para sorrir, dançar ou cantar, posso lembrar as tantas coisas que já me fizeram feliz.

Por isso, passa o inverno, chega o verão: relembrar sempre é um sinal que estamos vivos. Às vezes me pergunto se pra gente ser feliz, tem que mergulhar na própria fantasia. Genaro, meu bem, se cada um faz a sua história, ninguém pode deixá-la morrer. Meu coração bate ligeiramente apertado, quando lembro que meus sonhos se perderam. Então, quero voltar a infância, sentir o que um dia me fez feliz. Até porque, só quem consegue sentir essa magia transforma qualquer lugar em alegria. Eu sei. Eu cresci. Tenho que encarar a vida real com muita fé. Mas, sem esquecer que nossa história é imortal.

PortalArauto





Luiza Adorna

Jornalista, sonhadora e escritora. Apaixonada pelas letras e pelo jornalismo desde criança. Gosta de observar a vida e registrar o que enxerga pelas ruas. Gosta de contar a história das pessoas. Gosta de narrar a existência humana. Notas de Rua é um blog sobre a vida, sobre o cotidiano e sobre aquilo que não deve passar despercebido.




Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br DB New