Polícia Civil prende três em Operação contra homicídios em Santa Cruz


Publicado em 14/09/2018 07:49 Atualizado em 14/09/2018 10:31 Polícia   FILHO DAS GRADES Fonte: Portal Arauto

43 policiais participaram da Operação Filho das Grades que resultou, na manhã desta sexta-feira (14), na prisão de três criminosos acusados de homicídios em Santa Cruz. A ação da 1ª e 2ª DP, Defrec, DPPA, Deam e DPCA de Santa Cruz, coordenada pelos delegados Alessander Zucuni e Ana Luísa Aita Pippi, contou com o apoio de Delegacias de outras cidades da região.

O cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisões ocorreu por volta das 6h30min. Foram presos Deivid dos Santos, de 27 anos, João Carlos Godói, de 36 anos e Anderson dos Santos Ramos, de 22 anos. Segundo a Delegada Ana Luísa Aita Pippi, essa é uma primeira resposta à série de homicídios que estão ocorrendo. "Não vamos parar a investigação. Ainda tem muito o que se fazer", diz.

Além das três prisões preventivas cumpridas, uma quantia em armamento, máscara e celulares foram apreendidos. Segundo a investigação, os três criminosos estão ligados a Marcelo do Carmo, vulgo Marcelinho, preso na Penitenciária de Segurança Máxima de Charqueadas (Pasc). Antes de ser preso, ele era considerado um dos principais matadores e ainda responsável pelo tráfico de drogas.

Conforme a Polícia, Marcelinho, de 32 anos, não só dava ordens de execução, como comandava a entrega do armamento utilizado nos crimes. Um dos quatro mandados de prisão foi para Marcelinho, que já está no sistema penitenciário.

A investigação iniciou a partir de um homicídio ocorrido dia 13 de agosto, quando Valdemar de Camargo foi executado com 12 disparos no Bairro Santa Vitória. Relembre clicando aqui. Outro crime que está relacionado aos presos foi o assassinato do dia 27 de agosto. Denian Marcel de Oliveira, de 19 anos, foi baleado na Rua Irmão Emílio, Bairro Várzea. Na ocasião, o irmão da vítima fatal também foi atingido, mas sobreviveu. Clique aqui e relembre o caso.

Os mandados foram cumpridos em nove residência nesta manhã, no Vila Nova, Beckencamp, Faxinal Menino Deus e Santa Vitória. Um dos indivíduos presos usava tornozeleira eletrônica e os outros estavam em liberdade, mas já possuiam antecedentes criminais.

Segundo a Polícia, não é só o Marcelinho que comanda a onda de assassinatos em Santa Cruz. Há a suspeita, inclusive, de que o líder de uma facção da região esteja envolvido nas ordens de execução.

Polícia vai pedir transferência de Marcelinho para Presídio Federal

Fotos: Guilherme Bica/Portal Arauto







Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br CH