Operação Luz na Infância combate pornografia infantil em todo o Brasil


Publicado em 17/05/2018 08:01 Atualizado em 18/05/2018 06:23 Polícia   INVESTIGAÇÃO Fonte: G1

Em nova fase da Operação Luz da Infância, coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública, mais de 500 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes foram cumpridos em todo o Brasil. 

Somente no Rio Grande do Sul, foram 43 em 23 cidades gaúchas, com o trabalho de mais de 200 agentes. Os mandados foram cumpridos em Porto Alegre, Alvorada, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Cachoeirinha, Campo Bom, Canoas, Caçapava do Sul,  Carazinho, Esteio, Guaíba, Novo Hamburgo, Santa Maria, Santiago, São Lourenço do Sul, São Jerônimo, São Leopoldo, Sapucaia, Sapiranga, Pelotas, Taquara, Uruguaiana e Viamão. As ações envolveramm o Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca) e Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

O chefe de polícia do Rio Grande do Sul, Emerson Wendt, salientou que a maioria dos presos armazenava e compartilhava conteúdo de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes. Mais de um milhão de arquivos foram analisados antes da operação e, ao total, 251 pessoas foram presas em todo o Brasil.

Do total de prisões, 128 foram na região Sudeste, 47 no Nordeste, 38 no Sul, 21 no Centro-Oeste e 17 no Norte. Ao todo, foram expedidos 579 mandados. O ministério informou que segue monitorando a ação das equipes envolvidas, podendo haver novos números de prisões.

2017

A operação foi realizada pela primeira vez em 2017, com investigação da Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública. Considerada uma das maiores do mundo no combate à pedofilia, a operação prendeu 112 pessoas, acusadas de compartilhamento de fotos pela internet. Entre o material apreendido havia vídeos de bebês sendo molestados e uma cartilha com orientações de como segurar crianças.

PortalArauto
Mandados são cumpridos também no Rio Grande do Sul (Foto: Divulgação/Polícia Civil RS)






Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br DB